10
Dez
13

Umburanas

Meu avô Floriano me ensinou quando eu ainda era criança que andar com algumas sementes de Umburana no bolso da calça ao caminhar pelas matas era um seguro garantido contra o encontro acidental com alguma jararaca.

O segredo era que as sementes tinham que ser em número ímpar: 3, 5 ou 7, não importava, mas o cheiro ímpar e adocicado daquelas sementes seria por alguma razão odiado pelas cobras.

Durante anos andei com aquelas sementes guardadas em um pequeno estojo feito com um coquinho de babuçu pela minha bisavó… Ainda guardo com carinho o estojo, mas a décadas que não sinto aquele cheiro adocicado da Umburana.

E hoje, do nada, essa lembrança olfativa saltou de algum canto empoeirado da minha memória e o aroma das pequenas sementes secas com suas estrias negras e irregulares subiu pelas minhas narinas. Haverá alguma cobra rondando por perto? Vai saber…

O fato é que independente das cobras essa lembrança de outra vida vivida em outro mundo baseada em um conhecimento perdido e hoje inútil me fez sorrir e pensar com carinho naqueles espíritos que se foram de fora, mas que vivem dentro de mim com o seu sangue correndo por minhas veias.


0 Responses to “Umburanas”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Sobre o Autor:

Fotojornalista com trabalhos publicados em alguns dos principais jornais e revistas nacionais, tais como Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo, O Globo, Istoé, entre outros.

Atualmente dirige a Agência Fotográfica Lunapress e também é docente do SENAC lecionando fotografia na unidade Jundiaí.

Colabora com diversos bancos de imagens internacionais com destaque para a iStockphotos e a Getty Image para os quais fornece principalmente imagens sobre a América Latina.

Fotografou para diversos veículos institucionais e é responsável pelo desenvolvimento da tecnologia de fotografia em “hight-speed” adotada pela Faculdade de Engenharia de Minas da USP para registrar o comportamento de partículas em reatores de flotação.

Imagens da América do Sul

Imagens do Brasil


%d bloggers like this: